Sábado, 19 de Setembro. Desapegando do arroz

Estava em uma de minhas aulas no Senac, e como qualquer um que se inicia um curso de culinária anseia, por pratos como Tournedos Rossini, criado pelo grande chef Marie-Antoni, lagostas, porco pururuca, caranguejos e etc. Mais temos que assimilar que o segredo está desde do principio em como usar, em diferentes sabores e preparações, os fundos naturais. E também aprendendo a usar as ervas, e conseguir extrair os melhores detalhes dos seus pratos principais. 
Começamos aprendendo a desapegar do arroz e substituir por algumas dessas guarnições que apresento nessas fotos. Como o legume bem temperado, é saboroso e faz bem. Eu aprendi a gostar da berinjela, rainha da diminuição do colesterol. Foi engraçado, pois eu sempre a achei tão bonita, e nos seus preparos ela é tem cara de suculenta sempre.
Porém, quando pequena como outros vegetais e legumes, acho que tive de comer a força, acabei criando um trauma. Pois é, existem esses pequenos traumas e só depois de grande e saber os valores nutricionais, que tento me apegar mais nesses alimentos. Mamães, cuidado com seus filhos para não se permitir criar uma idéia negativa do sabor de um alimento vegetal ou leguminoso só porque você não achou o jeito certo de fazê-lo gostar. Então, de um jeito colorido e com a idéia de aprender a comer de tudo, já que estou no cainho para se tornar um chef, conheci o Ratatouille. Onde o sabor da berinjela acompanhada de abobrinha e pimentões predominou meu paladar. Que explosão de sabor, e achei ainda mais engraçado quando me lembrei do filme 🤪😀😀 hahah, quando o crítico dá sua primeira garfada no prato e lembra-se da infância. Ai que gostoso se envolver com tudo isso. A comida é um dos bens mais preciosos que Deus nos permitiu juntar e criar. Se quiserem a receita é só ir no tópico das receitas. Encerro por hoje, espero que fiquem com vontade de provar. 

Sábado, 22 de Agosto. Calendário gastronômico

Pelo menos, nos Estados Unidos. Curioso que – vamos combinar – os EUA nem tenham lá uma tradição gastronômica muito disseminada. Bom, eu, pelo menos, nunca ouvi ninguém dizer: “me especializei em gastronomia dos EUA”… Ou, “Vou para os Estados Unidos porque é o lugar com a melhor culinária do mundo”. Óbvio, temos os famosos restaurantes nova-iorquinos que, em sua grande maioria, estão lá por NY ser uma espécie de centro do mundo, não pela tradição culinária norte-americana que sempre tem características mais fortes das raízes de outras cozinhas, como a indígena, a francesa, a mexicana e a africana…

Mas, o ponto é: sim, eles homenageiam uma comida por dia, ou, a data faz alguma alusão ao mundo gastronômico. Existem datas bem legais. Confesso que era meio orfã de um calendário assim, deveria existir um com mais datas internacionais em comemoração à gastronomia e culinária. Mas, o exagero também existe. Eles comemoram o Dia do Pirulito Bengala, Dia das lascas de Chocolate e Dia da Pizza de Qualquer Coisa (menos de anchova). Dá uma conferida no calendário gastronômico.

Todo o dia é dia, humm 🤪

Janeiro

2/01 Dia Nacional do Buffet
3/01 Dia Nacional do Profiterole e da Cereja com Cobertura de Chocolate
4/01 Dia Nacional do Espaguete
5/01 Dia Nacional do Chantili
6/01 Dia Nacional do Biscoito Inglês
7/01 Dia Nacional do Tempurá
8/01 Dia Nacional do Caramelo Inglês
9/01 Dia Nacional do Damasco
10/01 Dia Nacional do Chocolate Amargo
12/01 Dia Nacional do Marzipã
13/01 Dia Nacional dos Pêssegos em Calda
14/01 Dia Nacional do Sanduíche Quente de Pastrami
15/01 Dia Nacional do Sorvete de Morango
16/01 Dia Nacional do Fig Newton (biscoito industrializado americano)
20/01 Dia Nacional do Crocante de Amêndoas e dos Amantes do Queijo
21/01 Dia Nacional da Barra de Granola
22/01 Dia Nacional do Brownie Branco
23/01 Dia Nacional da Torta
24/01 Dia Nacional da Manteiga de Amendoim
25/01 Dia Nacional do Café Irlandês
26/01 Dia Nacional do Pé de Moleque
28/01 Dia Nacional da Panqueca de Amora
29/01 Dia Nacional dos Doritos
30/01 Dia Nacional do Croissant
31/01 Dia Nacional da Pipoca

Fevereiro

1/02 Dia Nacional do Bolo de Sorvete Flambado
3/02 Dia Nacional do Bolo de Cenoura
4/02 Dia Nacional da Sopa Caseira e do Cogumelo Recheado
7/02 Dia Nacional do Fettuccine Alfredo
8/02 Dia Nacional da Barra de Melaço
9/02 Dia Nacional do Bagel de Salmão Defumado
10/02 Dia Nacional do Brownie de Cream Cheese
11/02 Dia Nacional do Chocolate com Pimenta
12/02 Dia Nacional do Pudim de Ameixa
13/02 Dia Nacional do Tortellini
14/02 Dia Nacional do Chocolate Recheado com Creme
15/02 Dia Nacional da Jujuba
16/02 Dia Nacional da Amêndoa
17/02 Dia Nacional do Pudim Indiano
19/02 Dia Nacional do Chocolate de Menta
20/02 Dia Nacional da Torta de Cereja
21/02 Dia Nacional do Bolo de Melado
22/02 Dia Nacional da Batata Doce e da Margarita
23/02 Dia Nacional do Pão de Banana
24/02 Dia Nacional dos Nachos
25/02 Dia Nacional do Amendoim com Cobertura de Chocolate e da Sopa de Mariscos
26/02 Dia Nacional do Pistache
27/02 Dia Nacional do Bolo de Chocolate, do Morango e do Licor de Café
28/02 Dia Nacional do Suflê de Chocolate

Março

01/03 Dia Nacional dos Amantes da Manteiga de Amendoim e da Compota de Frutas
02/03 Dia Nacional da Torta de Banana
03/03 Dia Nacional dos Frios e do Ponche
04/03 Dia Nacional do Bolo Inglês
05/03 Dia Nacional do Salgadinho de Queijo
06/03 Dia Nacional da Comida Congelada e do Cheesecake de Chocolate Branco
07/03 Dia Nacional da Costela de Porco e do Cereal
08/03 Dia Nacional do Crocante de Amendoim
09/03 Dia Nacional da Carne de Caranguejo
10/03 Dia Nacional do Muffin de Amora
11/03 Dia Nacional do Waffle de Aveia
12/03 Dia Nacional das Vieiras Cozidas
13/03 Dia Nacional da Torta de Coco
14/03 Dia Nacional da Batata Chip
15/03 Dia Nacional dos Amantes de Amendoim
16/03 Dia Nacional da Alcachofra
18/03 Dia Nacional do Cookie de Aveia
19/03 Dia Nacional da Galinha e do Caramelo de Chocolate
20/03 Dia Nacional do Ravióli
21/03 Dia Nacional do Pão Francês
23/03 Dia Nacional da Torrada
24/03 Dia Nacional da Uva Passa com Cobertura de Chocolate
25/03 Dia Nacional da Lagosta
26/03 Dia Nacional do Waffle
27/03 Dia Nacional da Paella Espanhola
28/03 Dia Nacional do Bolo Floresta Negra
29/03 Dia Nacional do Bolo de Limão
30/03 Dia Nacional da Sopa de Pescoço de Peru
31/03 Dia Nacional do Marisco na Concha

Abril

01/04 Dia Nacional do Pão de Centeio
02/04 Dia da Gelatina
03/04 Dia Nacional da Mousse de Chocolate
04/04 Dia Nacional do Escalope de Frango
05/04 Dia Nacional da Uva Passa
06/04 Dia Nacional da Pipoca de Caramelo
07/04 Dia Nacional do Bolo de Café
08/04 Dia Nacional da Empanada
09/04 Dia Nacional do Biscoito Chinês de Amêndoas
10/04 Dia Nacional do Croissant de Canela
11/04 Dia Nacional do Fondue de Queijo
12/04 Dia Nacional do Alcaçuz
13/04 Dia Nacional do Bolo de Pêssego
14/04 Dia Nacional da Noz Pecã
15/04 Dia Nacional do Presunto
16/04 Dia Nacional do Presunto Cozido com Abacaxi
17/04 Dia Nacional da Bolinha de Queijo
18/04 Dia Nacional da Torrada de Água e Sal
20/04 Dia Nacional do Bolo Invertido de Abacaxi
21/04 Dia Nacional do Caju com Cobertura de Chocolate
22/04 Dia Nacional das Balas de Gelatina
23/04 Dia Nacional do Cheesecake de Cereja
24/04 Dia Nacional do Mini Cachorro Quente
25/04 Dia Nacional do Pão de Abóbora
26/04 Dia Nacional do Pretzel
27/04 Dia Nacional da Costelinha de Porco
28/04 Dia Nacional da Torta de Amora
29/04 Dia Nacional do Macarrão com Camarão
30/04 Dia Nacional do Cookie de Aveia

Maio

01/05 Dia Nacional do Frozen de Chocolate
03/05 Dia Nacional do Creme de Chocolate
04/05 Dia Nacional da Laranja Cristalizada
06/05 Dia Nacional do Crepe Suzette
07/05 Dia Nacional da Perna de Cordeiro Assada
08/05 Dia Nacional da Torta de Creme de Coco
12/05 Dia Nacional do Chocolate com Nozes
13/05 Dia Nacional da Torta de Maçã
14/05 Dia Nacional do Biscoito de Leite
17/05 Dia Nacional do Bolo de Cereja
18/05 Dia Nacional do Suflê de Queijo
19/05 Dia Nacional do Bolo de Chocolate em Camadas
20/05 Dia Nacional do Quiche Lorraine
22/05 Dia Nacional do Pudim de Leite
23/05 Dia Nacional do Caramelo de Manteiga
24/05 Dia Nacional do Escargot
25/05 Dia Nacional da Comida Orgânica
26/05 Dia Nacional do Cheesecake de Amora
28/05 Dia Nacional do Hambúrguer
31/05 Dia Nacional dos Macaroons

Junho

01/06 Dia Nacional do Bolo de Avelã
02/06 Dia Nacional do Sorvete com Biscoitos
03/06 Dia Nacional do Donut
05/06 Dia Nacional do Pão de Gengibre
06/06 Dia Nacional do Bolo de Maçã
07/06 Dia Nacional do Sorvete de Chocolate
09/06 Dia Nacional da Torta de Morangos
11/06 Dia Nacional do Bolo de Chocolate Alemão
12/06 Dia Nacional do Biscoito de Manteiga de Amendoim
13/06 Dia Nacional dos Desastrados na Cozinha
14/06 Dia Nacional do Biscoito de Morango
16/06 Dia Nacional da Barra de Chocolate
17/06 Dia Nacional do Strudel de Maçã
21/06 Dia Nacional dos Pêssegos com Creme
22/06 Dia Nacional da Bomba de Chocolate
23/06 Dia Nacional do Biscoito de Noz Pecã
24/06 Dia Nacional do Bombom de Nozes
25/06 Dia Nacional do Frozen de Morango
26/06 Dia Nacional do Pudim de Chocolate
29/06 Dia Nacional da Barra de Amêndoas

Julho

01/07 Dia Nacional do Gengibre
02/07 Dia Nacional do Licor de Anis
03/07 Dia Nacional do Wafer de Chocolate
04/07 Dia Nacional do Churrasco
05/07 Dia Nacional do Folhado de Maçã
06/07 Dia Nacional do Frango Frito
07/07 Dia Nacional do Sundae de Morango
08/07 Dia Nacional do Leite com Chocolate e Amêndoas
09/07 Dia Nacional do Biscoito Doce
10/07 Dia Nacional da Pina Colada
11/07 Dia Nacional do Muffin de Amora
12/07 Dia Nacional da Torta de Noz Pecã
15/07 Dia Nacional do Pudim de Tapioca
17/07 Dia Nacional do Sorvete de Pêssego
18/07 Dia Nacional do Caviar
20/07 Dia Nacional do Pirulito
21/07 Dia Nacional do Crème Brulée
22/07 Dia Nacional do Doce de Leite em Barra
23/07 Dia Nacional do Sorvete de Creme
25/07 Dia Nacional de Sundae de Chocolate
26/07 Dia Nacional do Bagel
28/07 Dia Nacional do Leite com Chocolate
29/07 Dia Nacional da Lasanha
30/07 Dia Nacional do Cheesecake
31/07 Dia Nacional do Bolo de Framboesa

Agosto

01/08 Dia Nacional da Torta de Creme de Framboesa
02/08 Dia Nacional do Sanduíche de Sorvete
03/08 Dia Nacional do Melão
04/08 Dia Nacional das Lascas de Chocolate
05/08 Dia Nacional da Mostarda
06/08 Dia Nacional do Milk-shake de Cerveja Escura
07/08 Dia Nacional da Framboesa com Creme
08/08 Dia Nacional do Frozen
09/08 Dia Nacional do Pudim de Arroz
10/08 Dia Nacional do Marshmallow com Biscoito
11/08 Dia Nacional da Bomba de Framboesa
14/08 Dia Nacional do Picolé
15/08 Dia Nacional da Torta de Limão
17/08 Dia Nacional da Baunilha
18/08 Dia Nacional da Torta de Sorvete
19/08 Dia Nacional do Sorvete de Máquina
20/08 Dia Nacional da Torta de Noz Pecã com Chocolate
21/08 Dia Nacional do Sorvete Napolitano
22/08 Dia Nacional da Torta de Noz Pecã
23/08 Dia Nacional do Pão-de-ló
24/08 Dia Nacional da Torta de Pêssego
25/08 Dia Nacional da Banana Split
26/08 Dia Nacional do Picolé de Cereja
27/08 Dia Nacional do Creme de Chocolate
28/08 Dia Nacional do Folhado de Cereja
30/08 Dia Nacional do Marshmallow
31/08 Dia Nacional do Mix de Nozes

Setembro

03/09 Dia Nacional da Torrada com Queijo
05/09 Dia Nacional da Pizza de Queijo
08/09 Dia Nacional do Pão de Tâmara
11/09 Dia Nacional da Rosca de Passas
12/09 Dia Nacional do Milk-shake de Chocolate
14/09 Dia Nacional do Donut de Baunilha
15/09 Dia Nacional do Licor de Menta
16/09 Dia Nacional do Pão de Canela com Uva Passa
17/09 Dia Nacional da Torta de Maçã
18/09 Dia Nacional da Massinha de Modelar
19/09 Dia Nacional do Pudim de Manteiga
20/09 Dia Nacional do Ponche
21/09 Dia Nacional do Biscoito de Noz Pecã
22/09 Dia Nacional do Chocolate Branco
26/09 Dia Nacional da Panqueca
28/09 Dia Nacional da Torta de Creme de Morango
30/09 Dia Nacional do Chá de Cidra

Outubro

04/10 Dia Nacional do Taco
05/10 Dia Nacional da Torta Crocante de Maçã
06/10 Dia Nacional do Miojo
09/10 Dia Nacional da Sobremesa
10/10 Dia Nacional do Bolo de Baunilha
11/10 Dia Nacional da Pizza de Salsicha
13/10 Dia Nacional da Abóbora
15/10 Dia Nacional do Cogumelo
17/10 Dia Nacional da Massa
18/10 Dia Nacional do Cupcake de Chocolate
20/10 Dia Nacional da Salada de Frutas
22/10 Dia Nacional das Nozes
23/10 Dia Nacional da Torta de Creme
24/10 Dia Nacional da Mortadela
26/10 Dia Nacional do Picadinho de Carne
28/10 Dia Nacional do Chocolate
29/10 Dia Nacional da Aveia
30/10 Dia Nacional da Bala de Milho

 

Novembro

01/11 Dia Nacional do Figo
02/11 Dia Nacional do Ovo Apimentado
04/11 Dia Nacional da Bala
05/11 Dia Nacional do Donut
06/11 Dia Nacional dos Nachos
07/11 Dia Nacional do Chocolate Meio Amargo com Amêndoas
08/11 Dia Nacional da Sopa de Ervilha
10/11 Dia Nacional do Cupcake de Baunilha
12/11 Dia Nacional da Pizza de Qualquer Coisa (menos de anchova)
13/11 Dia Nacional do Pudim Indiano
14/11 Dia Nacional do Guacamole
15/11 Dia Nacional do Biscoito de Pimenta
20/11 Dia Nacional da Barra de Manteiga de Amendoim
23/11 Dia Nacional do Caju
25/11 Dia Nacional do Frozen
26/11 Dia Nacional do Bolo
27/11 Dia Nacional da Torta de Creme Bavário
28/11 Dia Nacional da Torrada Francesa
29/11 Dia Nacional dos Chocolates
30/11 Dia Nacional das Mousses

Dezembro

01/12 Dia Nacional da Torta
02/12 Dia Nacional das Frituras
04/12 Dia Nacional do Biscoito
05/12 Dia Nacional do Bolo de Chocolate Austríaco
06/12 Dia Nacional do Gazpacho
07/12 Dia Nacional do Algodão Doce
08/12 Dia Nacional do Brownie
09/12 Dia Nacional dos Doces
11/12 Dia Nacional do Macarrão Enformado
12/12 Dia Nacional da Ambrosia
13/12 Dia Nacional do Cacau
14/12 Dia Nacional da Sopa de Peixe
15/12 Dia Nacional do Cupcake de Limão
16/12 Dia Nacional da Cobertura de Chocolate
18/12 Dia Nacional do Leitão Assado
21/12 Dia Nacional do Camarão Frito
23/12 Dia Nacional do Biscoito de Nozes
24/12 Dia Nacional da Gemada
25/12 Dia Nacional da Torta de Abóbora
26/12 Dia Nacional do Pirulito Bengala
27/12 Dia Nacional do Bolo de Frutas
30/12 Dia Nacional do Refrigerante

Fonte: Guia dos Curiosos

 

 

Sexta-feira, 21 de Agosto. Desvendando a etiqueta

Esse post é para facilitar através de imagens, como desvendar o mistério da etiqueta usando todos os talheres da forma correta.

Quem nunca precisou de uma dica dessas né? 😉

Achei no blog www.aventurasgastronomicas.com

Fica a dica! 

 

Quarta-feira, 19 de Agosto. Melhores do mundo

El Celler de Can Roca

Quando falamos dos melhores dos melhores do mundo, imaginamos uma comida espetacular!

O “sublime” do sabor, a explosão do paladar ao se deliciar com algo, que, julgaram minuciosamente, com seus tantos critérios e avaliaram o chefe de cozinha e seu restaurante.

O que precisa ser e/ou fazer, para ser avaliado e entrar nessa lista dos 50 melhores?!

Esse ranking super interessante foi realizado e anunciado através da fonte G1, o site da Globo. *

Com 7 restaurantes entre os 50 da lista, a Espanha é o país com mais estabelecimentos citados. O dinamarquês Noma, que ganhou em 2014, aparece em 3º.

Outro restaurante brasileiro que aparece entre os 50 melhores é o Maní, também de São Paulo, que está na 41ª posição. Dos latino-americanos, o mais bem classificado é o Central, de Lima.

 

'Termômetro gastronômico'


A lista "50 Best", "termômetro anual do gosto gastronômico", como definem seus organizadores, ganhou notoriedade e influência crescentes desde seu lançamento, em 2002, inicialmente dentro da revista "Restaurant".

Mas o ranking também angariou inimigos, especialmente na França, país que nunca foi agraciado com o prêmio de melhor restaurante, como noticia a agência AFP.

Uma petição lançada na internet para pedir aos "parceiros públicos e privados do ranking que parem de financiar e apoiar esta lista opaca" reuniu mais de 360 assinaturas nesta segunda-feira, incluindo o famoso chef francês Joël Robuchon e o italiano Giancarlo Perbellini.

 

Veja abaixo os 10 primeiros classificados do ranking:

 

1- El Celler de Can Roca (Girona, Espanha)

 

2- Osteria Francescana (Modena, Itália)

 

3- Noma (Copenhague, Dinamarca)

 

4- Central (Lima, Peru)

 

5- Eleven Madison Park (Nova York, EUA)

 

6- Mugaritz (San Sebastián, Espanha)

 

7- Dinner by Heston Blumenthal (Londres, Reino Unido)

 

8- Narisawa (Tóquio, Japão)

 

9- D.O.M. (São Paulo, Brasil)

 

10- Gaggan (Bangcoc, Tailândia)

  

* Fonte: http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2015/06/dom-de-alex-atala-e-eleito-9-melhor-do-mundo.html

Restaurante El Celler de Can Roca fica na cidade catalã de Girona, na Espanha.

Restaurante El Celler de Can Roca fica na cidade catalã de Girona, na Espanha.

Osteria Francescana

Italian Chef Massimo Bottura

Osteria Francescana

Terça-feira, 18 de Agosto. Gastronomia Brasileira

Ao longo de mais de 500 anos de história, a culinária brasileira é resultante de uma grande mistura de tradições, ingredientes e alimentos que foram introduzidos não só pela população nativa indígena como por todas as correntes de imigração que ocorreram no período. Cada região do país tem sua peculiaridade gastronômica e sua culinária adaptada ao clima e à geografia. Além disso, o próprio descobrimento do Brasil remete à culinária, já que as caravelas portuguesas desembarcaram aqui em 1500 enquanto navegavam em busca das Índias e suas especiarias. Devido às diferenças de clima, relevo, tipo de solo e de vegetação, e povos habitando uma mesma região, é muito difícil estabelecer um prato típico brasileiro. A unanimidade nacional é, talvez, o arroz e o feijão, cujo preparo varia conforme a região. No entanto, a mistura de dois ingredientes tão comuns na mesa do brasileiro, apesar de característica, ainda não é suficiente para resumir toda a complexidade e a riqueza da culinária nacional.

Região Norte


Influências:
 A forte presença indígena mesclada com a imigração européia diferencia a gastronomia do Norte de qualquer outra encontrada no país. É considerada por muitos o maior exemplo de culinária tipicamente nacional. Apesar de suas raízes amazônicas, a cozinha regional sofreu influência forte de imigrantes portugueses, logo no início da colonização. Depois, com o ciclo da borracha, outros povos chegaram e deixaram seus traços na culinária, como é o caso de libaneses, japoneses, italianos e até mesmo os próprios nordestinos que migraram para a região nesse mesmo período.

Principais ingredientes: mandioca, cupuaçu, açaí, pirarucu, urucum (açafrão brasileiro), jambu, guaraná, tucunaré, castanha do Pará.

Pratos típicos: Pato no Tucupi, Caruru, Tacacá, Maniçoba.


Região Nordeste


Influências:
 A diversidade climática (tropical na costa e semi-árido no interior) tem reflexos diretos na culinária nordestina. Desde o litoral de Pernambuco até o da Bahia, a presença africana se nota mais forte devido aos resquícios da escravidão durante o ciclo da cana. Já em Alagoas, os frutos do mar são mais recorrentes devido às suas diversas lagoas costeiras. No Maranhão, a influência portuguesa é ainda mais forte que nos demais estados da região, e o consumo de temperos picantes, muito comum no litoral, é menor. No sertão nordestino, o próprio clima favorece o consumo de carnes, sobretudo a carne-de-sol e os pratos feitos com raízes. A culinária das comemorações juninas também é típica do interior.

Principais ingredientes: Azeite de dendê, mandioca, leite de coco, gengibre, milho, graviola, camarão, caranguejo.

Pratos típicos: Acarajé, vatapá, caranguejada, buchada, paçoca, tapioca, sarapatel, cuscuz, cocada.


Região Centro-Oeste


Influências:
 A culinária da região é altamente influenciada pela pecuária, uma das principais atividades econômicas do território, daí a grande preferência da população do Centro-Oeste por carnes bovina, caprina e suína. Os ciclos de imigração também trouxeram a culinária africana, portuguesa, italiana e síria. E a forte presença indígena liderou a preferência regional por raízes. Ao norte do estado, a proximidade com o Pará refletiu diretamente no preparo de alguns pratos, principalmente os que são feitos com carne-de-sol e pequi. O Mato Grosso do Sul, no entanto, sofreu forte influência da culinária latino-americana, sobretudo nos ensopados de peixe. Devido à diversidade da fauna pantaneira, carnes exóticas e peixes típicos da região, como o Pacu, o Pintado e o Dourado também fazem parte do cardápio local.

Principais ingredientes: Pequi, mandioca, carne seca, erva-mate, milho

Pratos típicos: Arroz com pequi, picadinho com quiabo, sopa paraguaia, empadão goiano, caldo de piranha, vaca atolada.


Região Sudeste


Influências:
 Até o século XIX, a cozinha do Sudeste era essencialmente influenciada pelas origens portuguesas, indígenas e africanas. Alimentos simples, como raízes, carnes, grãos e vegetais foram disseminados por todo o território do Sudeste, o que fez com que a gastronomia de cada estado se tornasse bastante similar em ingredientes e no preparo dos alimentos. A exceção é a culinária capixaba que, por sua proximidade com o Nordeste e grande área litorânea, tem uma forte presença de peixes e frutos do mar nos pratos do dia-a-dia. Após a chegada de imigrantes japoneses, libaneses, sírios, italianos e espanhóis, a diversidade gastronômica, sobretudo em São Paulo, aumentou. No estado, a culinária internacional mais integrada com a culinária típica paulista é a italiana.

Principais ingredientes: arroz, feijão, ovo, carnes, massas, palmito, mandioca, banana, batatas, polvilho

Pratos típicos: Tutu de feijão, virado à paulista, moqueca capixaba, feijoada, picadinho paulista, pão de queijo.


Região Sul


Influências:
 A mistura étnica ocorrida na região Sul resultou em uma culinária completamente diferente do resto do país, com a presença ainda mais forte da cozinha italiana, alemã, além das já presentes portuguesa e espanhola. O churrasco, principal prato do Rio Grande do Sul, resultou de um fato histórico. Para catequizar os índios da região na época da colonização, os padres jesuítas introduziram a criação de gado e deixaram o rebanho sob a responsabilidade dos nativos. Com a chegada dos tropeiros paulistas e mineiros, que escravizaram os índios, o gado permaneceu solto pelos campos e se espalhou pelo sul do território, pois não havia predadores. Daí a abundância de pastos e a tradição do churrasco gaúcho. Com a chegada dos italianos, as massas, a polenta e o frango foram integradas ao hábito alimentar regional. Já a influência alemã, ficou restrita às colônias no interior do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O Paraná, apesar da forte influência italiana, conta com uma presença também significativa da culinária indígena, sobretudo com raízes e grãos.

Principais ingredientes: carne bovina e ovina, farinha de milho, erva-mate

Pratos típicos: Barreado, churrasco, galeto, sopa de capeletti, arroz carreteiro, sopa catarinense.

 

Fonte: www.brasil.gov.br/sobre/cultura/cultura-brasileira/gastronomia

Segunda-feira, 17 de Agosto. Jantar ♨ ⌛

Aloha queridos, 

Hoje no jantar, começarei a preparar uma panqueca de carne. Que é algo rápido, simples e muito delicioso. Não cai nunca em nenhum lugar. Vocês irão-me ver fazendo algo mais difícil no final de semana que é quando eu tenho mais tempo, risos. Pois essa comilança tem que ir para algum lugar né? Então sou do tipo que como o que quero, porém, tento fazer uns exercícios funcionais. Uma corridinha ali no Poli Esportivo, que para minha motivação é na frente do meu condomínio. A gente tentar compensar, porque alguma hora o bacon aparece em algum lugar hahah.

E para isso, tem que dar tempo para tudo. Correr, cozinhar, lavar a louça e namorar .. rs
Na foto ao lado, aparece uma pimenta. Essa pimenta veio de Campo Maior - Piauí. Ela é deliciosa, além de fazer super bem (veja o post abaixo sobre pimenta que eu fiz). 

Então partiu cozinha ;* 

Segue receitinha abaixo.

INGREDIENTES

 Massa 

  • 1 copo de leite (200ml)
  • 1 copo de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de óleo
  • 1 ovo
  • 1 pitada de sal 

Recheio

  • 800g de carne moída (prefiro acém, ou patinho, que são mais magros)
  • 3 dentes de alho espremidos ou socados
  • 1/2 cebola média ralada ou picadinha
  • 350g de molho de tomate
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 300 ml de água quente
  • 1 caldo de carne
  • Azeitona sem caroço
  • Sal à gosto
  • Queijo parmesão ralado à gosto 
  • Orégano ou manjericão, à gosto

MODO DE PREPARO

Recheio

Numa panela aqueça o azeite, em fogo brando, coloque a carne e frite, mexa com o auxílio de uma colher de pau, para que a carne fique bem soltinha. Quando estiver dourada junte a cebola, o alho, e misture. Deixe apurar 5min. Adicione os outros ingredientes, exceto o queijo, e deixe cozinhar por 15 min. Desligue o fogo e reserve. 

Massa

Bata todos os ingredientes no liquidificador, aqueça em fogo brando uma frigideira antiaderente untada com uma colher de chá de óleo. Com uma concha não muito grande coloque a massa no centro da frigideira e dê uma viradinha para que se espalhe, deixe dourar um lado e vire para dourar o outro, retire com uma espátula, e coloque num prato, pode colocar uma panqueca em cima da outra, elas não grudam.

Panqueca

Pegue uma panqueca e recheie com a carne, enrole para fechar, disponha as panquecas num refratário grande, jogue um pouco do recheio/molho por cima, coloque queijo parmesão e sirva, com arroz branco. Ficam bem molhadinhas e saborosas. (Se quiser pode levar ao forno para gratinar, com bastante queijo por cima (parmesão, mozarela).

Bon appétit ...

Essa foi minha janta de Segunda, Panqueca de carne moída.
Como sem arroz. Pois a noite temos que cortar um pouquinho o carboidrato na janta né ?! Rs
Fotinha simples igual o prato. Mas estava uma delicia hummm'